segunda-feira, 23 de março de 2009

Gigante da Colina, no topo!



Mais um sensacional clássico agitou o campeonato carioca nesta taça rio.


Desta vez, a tradição da última década não se fez valer, azar do rubro negro que perdeu por 2 x 0 para a turma da Fuzaca, que lidera o grupo A, com 100%.


Diferentimente da Taça Guanabara, o segunto turno do campeonato vem empolgando nos clássicos, dando uma prévia da batalha inteessante que será as semifinais.

Ao acompanhar os 90 minutos do jogo, meus pensamentos chegaram a nostalgia da novela "Éramos seis", ou até mesmo do jogo "Resta 1", pois havia tempo em que não via um jogo terminar com tantas expulsões, foram cinco jogadores, mais o técnico Cuca. Mas, com 73 mil pessoas no maracanã, gols, e lances perigosos, as expulsões deram um toque a mais na rivalidade.

Falando em expulsões, acredito que o meia do Vasco, Carlos Alberto, deva ter mais cartões do que jogos em sua carreira. E olha que isso é possível, já que ele pode levar dois cartões por jogo.

De três em três jogos ele ganha uma folga, já que fica suspenso pelo acúmulo. É craque, mas tem um temperamento (ou destemperamento), muito aguçado.

Já o craaaaaquee, Obina......eeee Obina! Estou sem palavras para você hoje! Três gols no campeonato, três gols anulados! Dodô é o artilheiro dos gols bonitos, Kléber Pereira, do Santos, é o artilheiro dos sete metros, e o grande (e pesado), Obina, o artilheiros dos gols que não valeram!

Parabéns ao Vasco pela bela vitória, ganhou os dois clássicos da Taça Rio, e segue invicto desde a primeira rodada do primeiro turno, quando perdeu para o Americano por 2 x 0.

Já o Flamengo, anda com o teto de vidro. São problemas com salários atrasados, (pagos na sexta feira, mas até o fim deste mês, já estará atrasado de novo). É problemas de relacionamento entre comissão técnica e jogadores, e ainda as constantes declarações de jogadores em tom de despedida para a janela Européia.

Acredito que o Fla va para a semifinal, mas não o vejo como um elenco campeão. Por isso mesmo Cuca a essa hora já deve estar distribuindo currículos.
Aposto entre Vasco e Fluminense para possíveis adversários do Botafogo, na final do Carioca 2009.

Foto: André Durão/Globoesporte.com

quarta-feira, 18 de março de 2009

Definida Tabela da Série C




Nesta terça-feira, o departamento técnico da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou as quatro chaves dos 20 participantes da Série C (Terceira Divisão) do Campeonato Brasileiro.

E confesso que fiquei muito feliz com a tabela, por que as pragas, alias, os chatos, quer dizer os times paulistas só terão dois representantes esse ano.

No ano passado a Série B e C, eram um mini campeonato paulista, e claro que devemos elogiar o estado por os times considerados pequenos se destacarem, mas o problema não é esse.

O problema é que para a imprensa paulista bairrista destacarem a força do interior paulista, ela vem tripudir dos outros estados, principalmente dos times do rio.
Por essas e outras que odeio até o XV de Jáu em São Paulo.

Bem, mas voltando a tabela....



Serão quatro grupos com cinco clubes cada (em vez de dois grupos de dez), definidos regionalmente, classificando-se para a segunda fase os dois primeiros de cada chave.
Nas quarta-de-final, os times disputarão mata-matas. Os semifinalistas já estarão classificados para a Série B do Brasileiro em 2010, enquanto os finalistas lutarão pelo título. A competição começará no dia 24 de maio. Nos próximos dias a CBF divulgará a tabela.

Confiram os grupos:

Grupo A
Rio Branco/AC
Sampaio Corrêa/MA
Luverdense/MT
Águia de Marabá/PA
Paysandu/PA.

Grupo B
ASA/AL
CRB/AL
Confiança/SE
Icasa/CE
Salgueiro/PE.

Grupo C
Gama/DF
América/MG
Mixto/MT
Ituiutaba/MG
Guaratinguetá/SP

Grupo D
Caxias/RS
Marília/SP
Marcílio Dias/SC
Criciúma/SC
Brasil/RS.

terça-feira, 17 de março de 2009

Panorâmica

Fluminense


Amigo leitor, seguindo meu último post sobre a estréia do Fred no Fluminense, até que não falei muita besteira não!

Ao falar do público, a chuva ajudou um pouco a derrubar a venda de ingressos, tenho apenas 30 mil pessoas no maracanã.

E com contrapartida, acertei em cheio que Fred marcaria dois gols e seria o nome do jogo!

Estava claro, ele estava com muita vontade, a energia era contagiante. Apesar de estar três meses sem jogar, foi muito bem quando exigido.

Daqui a um mês, o atacante Roger (na verdade só ele se acredita que é atacante), só será lembrado pelo torcedor tricolor quando o mesmo jogar brasfoot ou o qualquer outro jogo game.




Flamengo




Já no ninho do urubu, apesar de ser líder do grupo na Taça Rio e no quadro geral, os comentários ainda são devidos ao salário atrasado e possível corpo mole. Perguntado sobre o assunto, técnico e jogadores divergem sobre o assunto, causando mal estar no grupo.
Não seria o caso de neste período mais instável do time, somente a assessoria do clube responder pelo clube ou então escolher jogadores devidamente instruídos pela diretoria para dar entrevistas coletivas?

Pelo menos evitaria frases lastimáveis de jogadores no nível de Ibson, e principalmente do patamar e importância do Flamengo para o futebol mundial, como: "é vamos receber na sexta, é o que dizem... se for mesmo já dará para fazer um supermercado".

E dizem as más línguas em sites esportivos, que Cuca não resistiria a uma derrota no clássico de domingo contra o Vasco, e seria demitido.
Acho que pra ele não seria nada mal, ao menos iria economizar o dinheiro da gasolina até a Gávea todo dia, além de se livrar do Obina.




Fotos: Globoesporte.com

domingo, 15 de março de 2009

Complicou...



Matéria eviada pelo jornalista, Renan Oliveira.







Voltaço perde em casa para o Madureira e entra de vez na luta contra o rebaixamento.

Decepção. Este é o sentimento dos torcedores da cidade do Aço, após a derrota para o Madureira por 1 x 0, ontem a noite no Estádio Raulino de Oliveira. Com o resultado, a equipe, amarga sua segunda derrota consecutiva, e já vê com real perigo a queda para segundona.


A promoção de ingressos, a preço de R$ 10,00, feita durante a semana chamou os torcedores, que ao contrário do último jogo compareceram em bom número. Desde o começo da partida o público incentivava o time. E a força da torcida se refletia em campo. A equipe iniciou o jogo indo pra cima do Madureira , que se preocupava apenas em defender, saindo sem perigo ao contra ataque.
Aos 11 minutos a primeira boa chance do jogo, com uma cabeçada com perigo de Róbson Luiz. O Voltaço criava oportunidades claras de gol até aos 20 minutos. Após isso o jogo ficou morno, com o Madureira chegando muito pouco a meta do goleiro Edinho. O Volta Redonda, quase virou a primeiro tempo na vantagem. No último minuto, caio desperdiçou boa chance de abrir o placar.
No segundo tempo a tônica da partida foi a mesma, com o Volta Redonda pressionando e o Madura se defendendo. O goleiro Renan, continuava trabalhando. Desta vez fazendo um milagre, após uma cabeçada a queima roupa de Fernando. Aos 25, vem a ducha de água fria. Após receber um lançamento de Alex Alves, Jones fez um bonito gol , encobrindo o Goleiro Edinho, que saiu do gol de forma precipitada. O gol do Madureira acabou com a paciência da torcida que começava protestar. O técnico Ailton mexeu na equipe colocando Jessé e Preto Casagrande.
A mudança não surgiu efeito. E por pouco o Tricolor Suburbano, não aumentou o placar, após cabeçada pra fora de Jones. O tempo foi passando e a equipe do Volta Redonda não conseguia traduzir em gol as oportunidades que tinha. Final de jogo, e a sonora vaia, dos torcedores que xingavam o técnico Ailton, pedindo a sua saída. Resta agora à equipe vencer seus jogos em casa. A próxima partida é domingo, dia 22 no clássico regional contra o Resende. Ao nosso querido Voltaço, é vencer ou vencer.
Foto: William Ferreira

sábado, 14 de março de 2009

Tá com Vontade!



Fazia tempo que não via um jogador e torcedores do Fluminense tão anciosos pela estréia.
A última vez que me recordo, foi no Brasileirão de 2002, quando Romário fez sua estréia com a camisa tricolor, diante de 60 mil torcedores.
A química anda perfeita entre a torcida tricolor e Fred, o otimismo toma conta de ambos os lados.

Pelo lado do torcdor ajuda o fato de o time estar carente de um atacante, alguém que chame a resposabilidade. E me atrevo a dizer que torcida do Flu se encantaria com um jogador menos famoso, menos artilheiro. Depois que o Roger passou pelo ataque do Flu esse ano, até mesmo um hidrante faria sucesso na área tricolor.

Já o mineirinho Fred, vem motivado pelo fato de voltar ao Brasil e estar mais próximo da Seleção Brasileira há pouco mais de um ano da Copa do Mundo. Além do fato que aqui o craque é vangloriado pelos torcedores e imprensa, já que nos restam pouquíssimos. Ele está se sentindo muito bem.

Posso estar enganado (importante dizer que não me engano em situações como o Ronaldo Fenômeno), mas o Maracanã neste domingo receberá entre 35 a 40 mil pessoas, e Fred anotará dois gols!
Os elementos deste jogo de estréia, gabaritam um cenário perfeito para o casamento entre o Flu e o atacante. Partida no domingo, Maracanã, adversário sem expressão, transmissão pela TV, torcida empolgada com a volta de Parreira.........alguém lembra que o Macaé também estará em campo??
Sorte ao Fred, que possa realizar uma boa estréia, e ponto para o futebol carioca, que anda carente de craques.
Foto: Divulgação Globo Esporte.com

sexta-feira, 13 de março de 2009

Fácil vitória, porém dura realidade



Na fácil vitória do Flamengo sobre o Duque de Caxias por 4 x 2, o técnico Cuca parece ter encontrado a melhor formação para o rubro negro. (veja bem que eu não disse uma "boa" formação e sim a melhor possível).

No entanto, quando tudo indicava que as nuvens iriam sair da cabeça de Cuca, vem a crise mundial, crise hierárquica, e de relacionamento e estraga tudo.

Kléber Leite, afirmou durante a semana que devido a grave crise financeira do Fla, não teria como segurar os jogadores para a janela Européia no meio do ano, e diante dos quase três meses de salários atrasados, a debandada fica evidente no elenco rubro negro. Já saíram os atacantes Diego Tardelli, Vandinho e Marleinho Paraíba.

Desta vez Léo Moura, peça fundamental para o funcionamento time, já declarou em entrevistas que deve deixar a equipe até no meio do ano. Seu provável destino é a Rússia. Já Josiel, que não é nenhuma "Brastemp", mas é melhor do que Obina ( diga-se de passagem, eu também sou), também deve sair, seu contrato se encerra em julho e o atacante vem reclamando com freqüência dos carimbos de cheques devolvidos do Fla.

Sem dinheiro para comprar o passe de Ibson, e segurar o marrentinho Juan, restará ao Fla recoorer a xepa do Campeonato Carioca e contratar jogadores que querem visibilidade ao invés de grana, para a disputa do Brasileirão 09.

Se eu já não fosse um ancião, no auge dos meus 24 anos, juro que me candidatava a uma vaga. Até por que, para ficar sem receber trabalhando como jornalista e jogar futebol, eu iria a campo! Pelo menos iria manter uma atividade física e sair da frente do computador.
Ah, havia me esquecido, caso Leo Moura realmente saia agora, sua namorada, a cantora Perla, ficaria aqui sozinha. Leo Moura.......deixa que eu cuido!

video

Foto e vídeo: William Ferreira